Revista Eletrônica Científica Ensino Interdisciplinar, Vol. 3, No 7 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

POSICIONAMENTOS DE DOCENTES DE LÍNGUA PORTUGUESA ACERCA DO ENSINO DE GRAMÁTICA NO DOCUMENTO DA BNCC

Ananias Agostinho da Silva, Francisco Vieira da Silva

Resumo


O presente trabalho analisa posicionamentos de professores de Língua Portuguesa acerca do ensino de gramática no documento da Base Nacional Curricular Comum (BNCC) proposto pelo Ministério da Educação (MEC) para padronização de parte dos conteúdos apresentados aos alunos da Educação Básica de escolas públicas brasileiras. Para a análise dos dados, consideramos os trabalhos de linguistas e gramáticos brasileiros que, a partir de diversas abordagens teóricas, têm apresentado contribuições para (e orientado) o ensino de gramática da língua portuguesa (ANTUNES, 2007; BAGNO, 2016; GERALDI, 1988, 2996; POSSENTI, 1996; TRAVAGLIA, 1996, 2004). De modo geral, as análises demonstram que a argumentação dos professores nos posicionamentos analisados aponta para uma necessidade de sistematização dos conteúdos de gramática no documento da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), tendo em vista a facilitação do ensino de tais conteúdos.

Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.