O PROTAGONISMO NEGRO NA LEITURA INFANTIL(?): resultados de pesquisas

Débora Cristina de Araújo, Juciamara Gomes da Silva, Rejane Georgina Pott Ferrando

Resumo


Considerando a literatura como um importante artefato cultural para a formação da visão de mundo da criança, torna-se necessário discutir como a literatura voltada para o público infantil tem se preocupado em tematizar a diversidade étnico-racial, sobretudo acerca de grupos humanos historicamente subalternizados na sociedade brasileira, como negros e indígenas. A partir dessa constatação, o presente artigo tem como objetivo dar visibilidade ao protagonismo negro na literatura infantil e investigar como tal protagonismo podem estar produzindo elementos que convergem para representações indetitárias positivas ou negativas. Trata-se da compilação das análises e resultados de duas pesquisas desenvolvidas em 2014 e 2015. Por meio da análise bibliográfica de seis livros ao todo, constatou-se que se de um lado houve um aumento na qualidade das obras mais recentes, por outro, um dos livros mais referenciados no trabalho de mediação da leitura com protagonista negra reitera estereótipos raciais.

Palavras-chave


Protagonismo negro; Literatura infantil; Pesquisas; Diversidade étnico-racial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.2192/recei.v3i8.2307

  

 

Directory of Open Access Journals

 

SEER

 

Portal de Periódicos


JournalTOCs

 

Google Scholar

 

Diadorim

 

Latindex

 

Início

http://s01.flagcounter.com/more/0G4O/