CONVERTER OS EDUCADORES CRISTÃOS À EDUCAÇÃO NOVA: a ação editorial do padre François Chatelain, na França, nos anos 1930.

Paulo Augusto Tamanini, Laurent Gutierrez, Rogério Luiz de Souza, Edison Lucas Fabrício

Resumo


O artigo objetiva abordar a inserção da Educação Nova no campo educacional e editorial católico, na França, nos anos 1930. Dentre as diversas iniciativas nesse sentido, ganhou relevância a ação do padre dominicano François Chatelain à frente de um projeto editorial pioneiro e inovador na Editions du Cerf, tradicional editora católica na Franca. Pe. Chatelain esteve ligado aos principais nomes da Educação Nova, como Adolphe Ferrière, Édouard Claparède e outros, e reuniu ao seu redor uma constelação significativa de intelectuais católicos interessados no aperfeiçoamento da pedagogia católica. Entre aplausos e resistências, o Pe. Chatelain conduziu de forma estratégica a coleção Les Sciences et l’Art de l’éducation, enfrentando a desconfiança e o ceticismo dos tradicionalistas e recebendo apoio dos educadores católicos interessados na renovação dos métodos pedagógicos.

Palavras-chave


Catolicismo; Educação Nova; Campo educacional francês

Texto completo:

PDF


  

 

Directory of Open Access Journals

 

SEER

 

Portal de Periódicos


JournalTOCs

 

Google Scholar

 

Diadorim

 

Latindex

 

Início

http://s01.flagcounter.com/more/0G4O/