TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE: o educador como foco do cuidado

Graziele de Almeida Rocha, Lucécia Helena Loureiro, Nádia de Fátima Ribeiro Ferreira

Resumo


 

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade, que pode associar comprometimento funcional amplo, incluindo vida acadêmica, social, familiar, entre outras áreas. A preparação apropriada de todos os educadores que estejam dispostos a trabalhar com portadores de necessidades especiais, constitui um fator chave, no progresso do ensino, afim de que os objetivos pedagógicos sejam alcançados. O objetivo deste estudo foi revisar as publicações científicas em relação às diferentes abordagens sobre o Transtorno de Déficit de Atenção, especialmente as estratégias educacionais. Trata-se de um estudo quali-quantitativo de revisão integrativa. A revisão constitui na busca de artigos nas bases de dados do Periódico CAPES,Scielo e BVS, utilizando os descritores “TDAH” AND “Estratégias”, “TDAH” AND “Educação”, “TDAH” AND “Educador” e “TDAH” AND “Inclusão” 209 artigos foram localizados, sendo selecionados 17 artigos mais relevantes em relação ao tema proposto, entre os anos de 2007 a 2017. Contudo, este estudo evidencia a necessidade de modificações na prática pedagógica/educacional no que se refere a compreender o transtorno, assim como a elaboração e a utilização de estratégias teórico/práticas, contribuindo com o processo de ensino-aprendizagem, facilitando a inclusão do portador de TDAH no espaço educacional.


Palavras-chave


Transtorno de Déficit de Atenção - Educador - Estratégias

Texto completo:

PDF


  

 

Directory of Open Access Journals

 

SEER

 

Portal de Periódicos


JournalTOCs

 

Google Scholar

 

Diadorim

 

Latindex

 

Início

http://s01.flagcounter.com/more/0G4O/