A CONTABILIDADE NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS: um estudo comparativo entre discentes do curso de Ciências Contábeis

Elisama Helen de Queiroz, Rosângela Queiroz Valdevino, Auris Martins de Oliveira

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo analisar qual é a percepção dos discentes de Ciências Contábeis da UERN e da UNP sobre o uso da contabilidade na gestão das finanças pessoais. O estudo caracterizou-se por ser uma pesquisa descritiva e qualitativa, cujos procedimentos fundamentaram-se na pesquisa bibliográfica e no estudo de caso. Os dados foram coletados por meio de um questionário estruturado com 7 perguntas fechadas. As questões foram aplicadas em uma população de 192 discentes, sendo que destes 90 eram da UERN e 102 eram da UNP. Diante do resultado obtido com a pesquisa, pôde-se concluir que os discentes da UERN consideram a contabilidade mais relevante para gestão das finanças pessoais do que os discentes da UNP, mas no caso da UERN percebeu-se que praticamente as demonstrações contábeis não são usadas para essa finalidade. Notou-se que o grau de endividamento dos discentes dessa instituição é menor do que na UNP, pois esses discentes afirmaram participar de eventos promovidos pela própria instituição, diferentemente do que afirmaram os discentes da UNP. Por meio desse fato é possível sugerir que as próprias instituições de ensino procurem incentivar os discentes no uso das técnicas contábeis também para uso pessoal, tendo em vista auxiliar na gestão das finanças pessoais.

Palavras-chave


Endividamento; Finanças Pessoais; Contabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31864/rcc.v1i1.1424