ESPECIFICIDADES DAS ESTRUTURAS DE BALANCED SCORECARD: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO A PARTIR DO GÊNERO DOS GESTORES

Antônio André Cunha Callado, Tânia Nobre Gonçalves Gerreira Amorim

Resumo


O objetivo deste artigo é investigar estruturas de modelos de Balanced Scorecard a partir do gênero dos gestores. A tipologia da pesquisa possui características de um survey, de natureza exploratória, considerando uma amostra composta por 121 empresas agroindustriais localizadas no Estado de Pernambuco e 49 indicadores de desempenho classificados a partir das perspectivas do BSC. Os dados foram coletados através da realização de entrevistas estruturadas e os procedimentos de análise considerarm procedimentos relativos à estatística descritiva. Os resultados obtidos apontam evidências que indicam presença de diferenças nas estruturas do BSC utilizadas, considerando as especificidades de padrões de uso dos diversos indicadores de desempenho testados a partir do gênero dos gestores. A identificação dos padrões de uso declarados pelos gestores situados no quadril superior e o gênero dos gestores mostrou diferenças nas perspectivas de clientes e procesos internos.

Palavras-chave


Controladoria; Mensuração de desempenho; Gênero dos gestores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31864/rcc.v7i2.3293