AS OBRAS DE ALBA DE CÉSPEDES TRADUZIDAS NO BRASIL

Márcia de Almeida, Isadora de Araújo Pontes, Jaqueline Rodrigues de Morais

Resumo


Este artigo teve origem a partir de um projeto que visou ao estudo das traduções dos romances da escritora italiana Alba de Céspedes sob duas óticas principais: a investigação das hipóteses levantadas sobre sua motivação editorial e a análise, com base nos Estudos de Gênero e na Crítica Feminista, das tramas e personagens das obras. Nosso objetivo foi tratar da questão da autoria e da representação feminina e as suas relações com a época em que a maioria de suas obras foram publicadas no Brasil: os anos 60 do século XX, momento em que os papéis femininos e masculinos começavam a ser revistos. Desse modo, selecionamos duas de suas obras traduzidas no Brasil como nosso foco, Ninguém volta atrás, publicada pela primeira vez em 1947 e depois em 1962, e O Remorso: uma nova mulher, publicada em 1968.


Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


A REVISTA ESTÁ INDEXADA EM:

      

Classificação Qualis/CAPES (Quadriênio 2013-2106):
B4 em Linguística e Literatura
B5 em Educação
B5 em Ensino