Avaliação da produção de textos na escola: que estratégias são utilizadas pelos professores?

Elaine Cristina Nascimento da Silva, Lívia Suassuna

Resumo


Este artigo versa sobre a prática de avaliação textual e tem como objetivo refletir sobre as estratégias didáticas utilizadas por professores para ajudar seus alunos em situações de produção, revisão e reescrita de texto. Para compreendermos melhor o nosso objeto, apoiamo-nos numa concepção de avaliação da produção de texto como processo interativo e reflexivo, por meio do qual os alunos podem desenvolver seus conhecimentos sobre a escrita, posição defendida por pesquisadores como Geraldi (1991), Garcez (1998), Antunes (2006), Assis (2006), Fairchild (2007) e Costa Val (2009). Participaram da pesquisa uma professora da Rede Estadual de Ensino de Pernambuco (A), numa turma de 6º ano, e uma professora da Rede Municipal do Recife (B), numa turma de 8º ano. Cada uma desenvolveu duas sequências de atividades, envolvendo os gêneros textuais poema/notícia e notícia/currículo, respectivamente. Através das análises, observamos que ambas as professoras lançaram mão de diversas estratégias para ajudar os alunos a revisarem e reescreverem seus textos. Todavia, o emprego destas diferentes estratégias ficou comprometido pela falta de um trabalho de exploração e sistematização das operações linguísticas, textuais e discursivas envolvidas na reescrita textual. Concluímos que, para que a avaliação de textos promova, de fato, uma ampliação das habilidades de uso da língua por parte dos alunos, o professor precisa promover e direcionar momentos de reflexão sobre as produções de texto, de modo a ajudá-los a (re)organizar seus saberes sobre a escrita.

Palavras-chave


Avaliação; Produção de textos; Estratégias didáticas.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, I. C. Avaliação da produção textual no ensino médio. In: BUNZEN, C. & MENDONÇA, M. (Orgs.). Português no ensino médio e formação do professor. São Paulo: Parábola Editorial, 2006, p. 163-180.

ASSIS, J. A. Correção de textos, reescrita e formação de professores: diálogos do/no processo de ensino e de aprendizagem. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE PRÁTICAS ESCRITAS NA ESCOLA: LETRAMENTO E REPRESENTAÇÃO, 2, 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: Universidade de São Paulo, 2006, p. 1-16.

BRANDÃO, A. C. P. A. A revisão textual na sala de aula: reflexões e possibilidades de ensino. In: LEAL, T. F. & BRANDÃO, A. C. P. (Orgs.). Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p. 119-134.

COSTA VAL, M da G. et al. Avaliação do texto escolar: professor-leitor/Aluno-autor. Belo Horizonte: Autêntica / Ceale, 2009.

FAIRCHILD, T. M. Avaliação em dois tempos no trabalho com o texto. Olhar de professor, Ponta Grossa, v.10, n.1, p. 231-251, 2007.

GARCEZ, L. H. do C. A escrita e o outro: os modos de participação na construção do texto. Brasília: Universidade de Brasília, 1998.

GERALDI, J. W. O professor como leitor do texto do aluno. In: MARTINS, M. H. (Orgs.). Questões de linguagem. São Paulo: Contexto, 1991, p. 47-53.

MARINHO, J. H. C. A produção de textos escritos. In: DELL’ISOLA, R. L. P.; MENDES, E. A. de M. (Orgs.). Reflexões sobre a língua portuguesa: ensino e pesquisa. Campinas-SP: Pontes, 1997, p. 87-95.

MAYRINK-SABINSON, M. L. T. O papel do interlocutor. In: ABAURRE, M. B. M.; FIAD, R. S. & MAYRINK-SABINSON, M. L. T. (Orgs.). Cenas da aquisição da escrita: o trabalho do sujeito com o texto. Campinas, SP: Mercado das Letras, 1997, p. 117-151.

RUIZ, E. M. S. D. Como se corrige redação na escola. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2001.

SILVA, E. C. N. O processo avaliativo da produção de texto e sua relação com a revisão e reescrita. 2012. 287f. Dissertação (mestrado). Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Educação. Programa de Pós-graduação em Educação. Recife: 2012.

SUASSUNA, L. Paradigmas de avaliação: uma visão panorâmica. In: MARCUSCHI, B. & SUASSUNA, L. (Orgs.). Avaliação em língua portuguesa: contribuições para a prática pedagógica. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, p. 27-43.

______. Avaliação e reescrita de textos escolares: a mediação do professor. In: ELIAS, V. M. (Orgs.). Ensino de língua portuguesa: oralidade, escrita e leitura. São Paulo: Contexto, 2011, p. 119-134.




DOI: https://doi.org/10.22297/dl.v6i1.2409

 
 
 
Revista Diálogo das Letras (ISSN 2316-1795). Grupo de Pesquisa em Produção e Ensino do Texto. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Pau dos Ferros. Rio Grande do Norte.
 
 
Indexada em:
 
 
Associada à Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC:
 
 
Registrada no CrossRef:
 
 
Classificação Qualis/CAPES (Quadriênio 2013-2106):
B1 em Linguística e Literatura
B1 em Educação
B1 em Ensino
B2 em Interdisciplinar
B4 Ciência Política e Relações Internacionais