Uma abordagem dialógica da construção de sentidos em um enunciado do facebook: um olhar sobre estratégias de retomada do discurso do outro

Joserlândio da Costa Silva, Francisco de Freitas Leite, Patrícia Gomes de Mello

Resumo


Este artigo objetiva investigar o processo de construção de sentidos em um enunciado (uma postagem) que circulou no facebook, no ano de 2016, sobre a morte de uma jovem médica vítima de um assalto na cidade do Rio de Janeiro. A abordagem teórica é fundamentada na perspectiva dialógica do Círculo de Bakhtin, principalmente em Bakhtin (2015, 2011) e Bakhtin/Volochínov (2012). A metodologia de análise adotada consiste na investigação dos mecanismos de instauração de construção do sentido do enunciado concreto a partir da relação responsiva do dizer do eu com o dizer do outro, em uma situação real de uso da língua, a partir da concepção de formas do discurso linear e pictórico contida em Marxismo e filosofia da linguagem. Na conclusão, é enfatizada a necessidade, em termos bakhtinianos, de serem consideradas estratégias de textualização e de relações dialógicas mobilizadas, que muitas vezes são baseadas em posições ideológicas e pontos de vista axiológicos conflitantes dos sujeitos envolvidos no processo de construção de sentidos dos enunciados para compreensão dos seus dizeres.

Palavras-chave


Dialogismo; Responsividade; Internet.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M. M. Os gêneros do discurso. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011, p. 261-306.

______. Teoria do romance I: A estilística. Tradução, prefácio, notas e glossário de Paulo Bezerra; organização da edição russa de Serguei Botcharov e Vadim Kójinov. São Paulo: Editora 34, 2015.

BAKHTIN, M. M. (VOLOCHÍNOV, V. N.). Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara Vieira 13. ed. São Paulo: Hucitec, 2012.

BUBNOVA, T. Voz, sentido e diálogo em Bakhtin. Versão para o português: Roberto Leiser Baronas e Fernanda Tonelli. Bakhtiniana, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 268-280, ago./dez. 2011.

FARACO, C. A. Linguagem & diálogo: as ideias linguísticas do Círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

G1 RIO DE JANEIRO. Médica é morta durante tentativa de assalto na Linha Vermelha. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. 2016.

MARTELETO, R. M. Análise de redes sociais – aplicação nos estudos de transferência da informação. Ci. Inf., Brasília, v. 30, n. 1, p. 71-81, jan./abr. 2001.

PINHEIRO, M. L. P. Discursos: marcas de dialogismo e alteridade em sujeitos autores no facebook – faces de identidade. 2013. 140 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Fundação Universidade Federal de Rondônia/UNIR, Porto Velho, 2013.

PONZIO, A. A revolução bakhtiniana: o pensamento de Bakhtin e a ideologia contemporânea. Coordenação de tradução Valdemir Miotello. 2. ed.São Paulo: Contexto, 2012.

SILVA, F. V.; SILVEIRA, E. L.; MELLO, P. G. Entre sintomas, suspeitas e confissões: um olhar sobre o sujeito viciado em internet nos discursos da mídia. Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli, Crato, v. 5, n. 2, p. 01-12, jul./dez. 2016.

SILVA, J. C. et al. Uma visão crítica sobre o papel do sujeito nas correntes discursivas e enunciativas da linguística dos séculos XX e XXI. Miguilim – Revista Eletrônica do Netlli, Crato, v. 5, n. 2, p. 47-56, mai./ago. 2016.




DOI: https://doi.org/10.22297/dl.v6i2.2677

 
 
 
Revista Diálogo das Letras (ISSN 2316-1795). Grupo de Pesquisa em Produção e Ensino do Texto. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Pau dos Ferros. Rio Grande do Norte.
 
 
Indexada em:
 
 
Associada à Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC:
 
 
Registrada no CrossRef:
 
 
Classificação Qualis/CAPES (Quadriênio 2013-2106):
B1 em Linguística e Literatura
B1 em Educação
B1 em Ensino
B2 em Interdisciplinar
B4 Ciência Política e Relações Internacionais