Recursos metadiscursivos na escrita acadêmica: uso e função

Antônio Luciano Pontes, Josefa Francisca Henrique de Jesus

Resumo


Este artigo tem como objetivo investigar o uso e a função dos recursos metadiscursivos no discurso acadêmico de graduandos  em Letras, em artigos científicos publicados em anais de congresso. A pesquisa tem base teórica em Swales (1990), no que se refere à natureza da escrita em gêneros do discurso acadêmico e em Hyland (1998; 2005), no tocante às estratégias comunicativas para preenchimento retórico dos dizeres de cada seção e/ou movimento. O corpus constitui-se de 20 artigos acadêmicos, produzidos para eventos científicos nas áreas de Linguística e Literatura. Os resultados apontam que as marcas metadiscursivas utilizadas pelos escritores criam uma imagem credível de si, organizam o conteúdo proposicional conforme o gênero,  guiam o leitor e buscam sua adesão.

Palavras-chave


Gêneros do Discurso; Metadiscurso; Escrita Acadêmica.

Texto completo:

PDF

Referências


BIASI-RODRIGUES, B. O papel do propósito comunicativo na análise de gêneros: diferentes versões. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS DE GÊNEROS TEXTUAIS (SIGET), 4, 2007, Tubarão. Anais do 4º Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais. Tubarão: UNISUL, 2007, p. 729-742.

HYLAND, K. Persuasion and context: the pragmatics of academic metadiscourse. Journal of Pragmatics, v. 30 (4), p. 437-455, 1998a. Disponível em

HYLAND, K. Exploring corporate rhetoric: metadiscourse in the CEO’s letter. Journal of Business Communication, v. 35 (2), p. 224-245, 1998b. Disponível em. Acesso em: 28 mar. 2017.

HYLAND, K. Boosting, hedging and the negotiation of academic knowledge. Text, v. 18 (3), p. 349-382, 1998c . Acesso em: 12 out. 2016.

HYLAND, K. Hedges, Boosters and lexical invisibility: noticing modifiers in academic texts. Language Awareness, v. 9 (4), p. 179-197, 2000. Disponível em . Acesso em: 31 mar. 2017.

HYLAND, K. A convincing argument: corpus analysis and academic persuasion. In: CONNOR, U.; UPTON, T. (Eds.). Discourse in the professions: perspectives from Corpus Linguistics. Amsterdam: Benjamins, 2005a, p. 87-114.

HYLAND, K. Stance and engagement: a model of interaction in academic discourse. Discourse Studies, 7 (2), p. 173-192, 2005b. Disponível em:. Acesso em: 18 set. 2016.

HYLAND, K. Metadiscourse: exploring interaction in writing. London: Continuun, 2005c. JESUS, J. F. H. Texto, ensino e formação docente. In: COLÓQUIO NACIONAL DE LINGUAGEM E DISCURSO (CONLID), 2, 2012, Mossoró. Anais. Mossoró: EDUERN, 2012, p. 471-479.

MARCUZZO, P. Um estudo de relatos de pesquisa em análise de gênero. 2006. 102 f. Dissertação (Mestrado em Letras). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2006.

MOTTA-ROTH, D. Escrevendo no contexto: contribuições da LSF para o ensino de redação

acadêmica. In: 33RD INTERNATIONAL SYSTEMIC FUNCTIONAL CONGRESS. São Paulo: LAEL/PUCSP, 2006, p. 828-860. Disponível em .

Acesso em: 26 mai. 2017.

______. Análise crítica de gêneros com foco em artigos de popularização da ciência. Projeto de Produtividade em Pesquisa PQ/CNPq (nº. 301962/2007-3), 2007.

______. Artigo acadêmico. In: MOTTA-ROTH, D. (Org.). Redação acadêmica: princípios

básicos. Santa Maria: Imprensa Universitária, 2009, p.67-76.

______. Questões de metodologia em análise de gêneros. In: KARWOSKI, A. M.; GAYDECZKA, B.; BRITO, K. S. (Org.). Gêneros Textuais: reflexões e ensino. Palmas: Kaygangue, 2011, p. 153-173.

______ ; HENDGES, G. R. (Orgs.) Produção textual na universidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

SWALES, J. Research into the structure of introductions to journal articles and its application to the teaching of academic writing. In: WILLIAMS, R.; SWALES, J; KIRKMAN, J. (Eds.). Common ground: shared interests in ESP and communication studies. Oxford: Pergamon, 1984. Disponível em: . Acesso em: 14 mar. 2016.

______. Genre analysis: english in academic and research settings. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

______. Research genres: explorations and applications. New York: Cambridge University Press, 2004.




DOI: https://doi.org/10.22297/dl.v6i2.2691

 
 
 
Revista Diálogo das Letras (ISSN 2316-1795). Grupo de Pesquisa em Produção e Ensino do Texto. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Pau dos Ferros. Rio Grande do Norte.
 
 
Indexada em:
 
 
Associada à Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC:
 
 
Registrada no CrossRef:
 
 
Classificação Qualis/CAPES (Quadriênio 2013-2106):
B1 em Linguística e Literatura
B1 em Educação
B1 em Ensino
B2 em Interdisciplinar
B4 Ciência Política e Relações Internacionais