Práticas de letramento(s) na escola: reflexões sobre a formação do aluno do ensino médio

Kélvya Freitas Abreu

Resumo


O presente estudo traz uma reflexão sobre o que se entende por letramento(s) e como esta abordagem pedagógica de ensino produz impactos na formação dos sujeitos aprendizes de língua materna no ensino médio. Nesse sentido, adotam-se os últimos direcionamentos propostos pelas Orientações Nacionais do Ensino Médio (OCNEM, BRASIL, 2006) e pela perspectiva do letramento, mais precisamente em sua vertente sociocultural (CASSANY, 2006), para a discussão e análise desta pesquisa. Uma vez que ao compreender os conceitos-chave que gravitam os estudos do(s) letramento(s), os docentes constroem espaços de consciência linguística do usuário de linguagem nas mais diversas práticas, inclusive as escolares. Como resultado, o aluno se percebe envolto em uma contínua atividade de construção de sentidos, inserindo-os em práticas socioculturamente contextualizadas e situadas que os levam a oportunidade de construir, compartilhar, recriar e recontextualizar o seu conhecimento.

Palavras-chave


Letramento (s); Letramento Crítico; Engajamento discursivo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22297/dl.v1i2.299

 
 
 
Revista Diálogo das Letras (ISSN 2316-1795). Grupo de Pesquisa em Produção e Ensino do Texto. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Pau dos Ferros. Rio Grande do Norte.
 
 
Indexada em:
 
 
Associada à Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC:
 
 
Registrada no CrossRef:
 
 
Classificação Qualis/CAPES (Quadriênio 2013-2106):
B1 em Linguística e Literatura
B1 em Educação
B1 em Ensino
B2 em Interdisciplinar
B4 Ciência Política e Relações Internacionais