PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO E AVALIAÇÃO DO SERVIÇO DE SAÚDE BUCAL NA SANGA FUNDA, PELOTAS, RS.

Denise Faccio Maschio, Débora Moura Mendes, Thiago Soares Sanguebsche, Eduardo Dickie Castilhos, Tania Izabel Bighetti

Resumo


Objetivou-se descrever o projeto de extensão realizado por acadêmicos da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, com a comunidade da Unidade Básica de Saúde (UBS) Sanga Funda da Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas-RS. Foram definidas as seguintes “estações de trabalho” na Atenção Básica em Saúde: ações educativas; ações programáticas; acolhimento; recepção; cuidados médicos, de enfermagem, odontológico e domiciliar; planejamento, gestão e coordenação; supervisão e suporte técnico; gestão da informação e representação em conselhos de saúde. Estas foram analisadas para diagnóstico e elaboração de um plano de ação que contemple problemas, objetivos, metas, ações organizadas em um cronograma e mecanismos de avaliação. Observou-se que, embora a UBS esteja inserida na Estratégia de Saúde da Família, muitas de suas práticas ainda estão voltadas a um modelo tradicional de atenção. O projeto de extensão gerou um enriquecimento das três ‘instâncias’ envolvidas no processo: trouxe benefícios para a universidade, pois representa mais uma área de construção e produção de conhecimento integrada à comunidade; para a população do bairro Sanga Funda à medida que os acadêmicos trazem novas ideias para a melhoria do serviço; e principalmente para os próprios acadêmicos que experimentam a prática real da sua profissão, em um ambiente diferente de suas experiências anteriores. 


Texto completo:

PDF


Revista Extendere - ISSN 2318-2350