INTERVENÇÕES INTERDISCIPLINARES NO CUIDADO AO PACIENTE COM DOENÇA RENAL CRÔNICA EM HEMODIÁLISE

Thiago Dipp, Vanessa Giendruczak da Silva, Maria Cristina Baumgartem, Giovani Sturmer, Rodrigo Della Méa Plentz

Resumo


Apesar da hemodiálise (HD) compensar a função renal, a “síndrome urêmica” acarreta inúmeros transtornos que afetam diversos sistemas do organismo. Nesse contexto, orientações educacionais interdisciplinares voltadas aos indivíduos com DRC, constituem-se em uma importante ação, permitindo o esclarecimento sobre cuidados básicos em saúde e o processo saúde/doença e possibilitando a melhora na qualidade de vida dessa população. A extensão universitária é uma via de mão-dupla, com trânsito assegurado à comunidade acadêmica, que encontrará, na sociedade, a oportunidade de elaboração de práxis do conhecimento acadêmico. A metodologia utilizada no projeto foi pesquisa-ação. Foi realizada a aplicação do questionário de qualidade de vida que demonstrou que as pontuações mais altas foram alcançadas nos domínios de “estímulo por parte da equipe”, “função cognitiva” e “sintomas e problemas”, enquanto que as pontuações mais baixas foram encontradas nos domínios “papel profissional”, “sobrecarga da doença” e “função física”. Além disso, foram realizadas orientações por profissionais de diferentes áreas da saúde; confecção e entrega de material informativo e campanha de incentivo à prática de autocuidados e atividade física. As atividades interdisciplinares ao paciente com doença renal em hemodiálise devem fazer parte da rotina aproximando os pacientes e a equipe de profissionais que juntos podem traçar estratégias para a otimização do tratamento.

Texto completo:

PDF


Revista Extendere - ISSN 2318-2350