Revista Geotemas, Vol. 1, No 1 (1)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Problemas socioambientais causados pelas indústrias de cerâmicas no município de Encanto-RN

Áurea de Paula Medeiros e Silva, Jacimária Fonseca de Medeiros

Resumo


O presente trabalho visa identificar os impactos sócio-ambientais gerados pela indústria cerâmica no município de Encanto - RN. A produção de cerâmica vermelha no Rio Grande do Norte é uma atividade econômica antiga presente em todo o território potiguar, sendo mais intensiva no Vale do Açu e na região do Seridó. Essas regiões há muitos anos, vem se especializando nessa atividade econômica através do melhoramento das técnicas e das ferramentas para produção e a ampliação do número de empregos gerados por essa atividade. O processo produtivo da cerâmica envolvem as fases, de remoção e estocagem da matéria-prima (argila), o processo de fabricação (extrusão), a secagem e a queima, e o produto final com a fabricação do tijolo. Para tanto, configuram como objetivos identificar os problemas causados pela atividade ceramista. Na buscar por respostas sobre A Indústria Ceramista de Encanto e as conseqüências da produção, se fez necessário primeiramente um estudo um estudo bibliográfico sobre as atividades ceramista no estado do rio grande do Norte, bem como foram feitas pesquisa no município na busca de entender e coletar dados de como essa indústria vem se desenvolvendo no município. Também foi realizada uma pesquisa de campo, pesquisa bibliográfica utilizando livros da área e meios eletrônicos com acesso à internet, realização de entrevistas junto aos funcionários e ex-funcionários, bem como aos responsáveis pela administração da indústria, e a população local. Que contivesse toda e qualquer informação importante e pertinente ao assunto no qual se discute neste trabalho. Constatam-se, com essa pesquisa, vários problemas socioambientais gerados em decorrência da indústria ceramista gerados no decorrer do seu processo produtivo como, o desgaste acelerado dos solos de onde é retirado o barro, matéria prima para a produção dos tijolos e telhas, além do desmatamento e da poluição do ar, decorrentes da queima de lenha para geração de energia. Pode-se notar ainda, péssimas condições de trabalho e falta de equipamentos de segurança. Faz-se necessário, portanto, a busca pela sustentabilidade a redução do desperdício na empresa com medidas mitigadoras para produção ceramista.

Texto Completo: PDF