A RURALIDADE NO MUNICÍPIO DE RIACHO DE SANTANA – RN

Kelly Íkalla Aires de Almeida, Cícero Nilton Moreira da Silva

Resumo


Distinguir o rural do urbano tem sido cada vez mais complexo. Os elementos tidos como rurais e urbanos tem se mesclado, confundindo os limites desses espaços, principalmente após a chamada “urbanização do campo” e seus efeitos sobre a “ruralidade”. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo identificar como se caracteriza a ruralidade no município de Riacho de Santana – RN. Para tanto, considera-se a concentração populacional do campo, comprovada pelos dados estatísticos dos censos populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, e dados atualizados pela prefeitura do referente município. Dessa forma, o rural se subdivide em 15 distritos oficiais, com média de 3 pessoas por família, com destaque para os distritos de Poço de Pedras e Pau Darco que apresentam uma população superior a 300 habitantes. Primeiramente, obteve-se embasamento teórico referente ao conceito de “espaço” a partir de alguns autores, como Santos (1988, 2006) e Harvey (2006). A definição do “urbano” no IBGE (1999), e posteriormente a concepção de “território rural”, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA (2005). Outro elemento importante é o que se refere à relação entre o “Rural e o Urbano”, considerada em Endlich (2006). Além disso, averigua-se o “Novo Rural Brasileiro”, caracterizado por Alentejano (2000) e Silva (2004), e ainda o conceito de “Ruralidade” por Candiotto e Corrêa (2008), sem olvidar o contexto histórico do município tratado em Souza & Nunes (2010). Após o embasamento bibliográfico, acessamos ao banco de dados do IBGE e os dados atualizados da prefeitura, para uma análise e quantificação dos dados populacionais. O conceito de ruralidade vem desmistificar o fim do rural, já que pequenos municípios apresentam, em plena zona urbana, características tipicamente de ruralidades, em atividades produtivas e socioculturais. Estes, bem como o município estudado, portanto, podem ser assim considerados como “municípios rurais”

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v5i1.1394

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores e Bases Bibliográficas









Conteúdo Registrado (DOI)




Revista Associada


Apoio