REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NA CONSTRUÇÃO SOCIAL DA PAISAGEM: PARTICULARIDADES SOCIOESPACIAIS NOTADAS EM ASSÚ

Carla Caroline Alves Carvalho, Almir Mariano de Sousa Junior

Resumo


A irregularidade fundiária urbana configura-se como uma das principais problemáticas inerentes ao contexto das cidades, pois tal situação provoca diversos prejuízos a população, ao meio ambiente e a economia. Sendo assim, política pública voltada para a regularização fundiária de interesse social tem muito a contribuir para a melhoria de tal quadro, pois asseguram o direito à moradia, estão atreladas a questões de sustentabilidade ambiental, melhoria das condições habitacionais, ou seja, refaz o perfil histórico do tipo de acesso a moradia possibilitada a famílias de baixa renda. Nesse sentido, essa pesquisa tem como objetivo investigar o modo como ações de regularização fundiária de interesse social realizadas no bairro Parati 2000, localizado no município de Assú-RN, por meio do Programa Acesso à Terra Urbanizada têm influenciado na construção socioespacial da paisagem da cidade. Para tanto, tem-se como abordagem de dados uma pesquisa de caráter qualitativo e quantitativo, no tocante ao seu objetivo é um estudo de caso, além disso, realiza-se a revisão bibliográfica e visitas in loco. Logo, conclui-se que esse tipo de política pública abre a possibilidade de mudança da infraestrutura no bairro interferindo positivamente na construção socioespacial da paisagem desse espaço, trazendo melhorias econômicas, sociais, ambientais e urbanísticas para o bairro e sua referida cidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v7i1.2188

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Indexadores e Bases Bibliográficas




https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=494578



Redes Sociais
 Academia.edu Facebook Instagram

Conteúdo Registrado (DOI)


Revista Associada


Apoio