A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO E AS REFORMAS EDUCACIONAIS

José Eustáquio de Sene

Resumo


A atual revolução tecnológica vem impondo mudanças na economia, na cultura etc. É compreensível que imponha mudanças também no sistema educacional, que, em quase todos os países, vive pressionado pela necessidade de adaptação. Nesse contexto, o conhecimento ganha cada vez mais importância, a ponto de muitos autores afirmarem que vivemos em uma sociedade do conhecimento. Não por acaso, uma das justificativas mais freqüentes para as recentes reformas educacionais, recorrentes em diversos países, é a necessidade de adaptação do sistema educativo à sociedade do conhecimento. Por isso este artigo busca compreender o significado desse conceito, estabelecendo sua genealogia e analisando-o criticamente. Enfim, vivemos numa sociedade do conhecimento ou da informação? Ou simplesmente subsistimos atônitos numa confusa sociedade de dados?

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v2i1.254

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores e Bases Bibliográficas









Conteúdo Registrado (DOI)




Revista Associada


Apoio





Acessos