A CRISE DA CIÊNCIA MODERNA E A BUSCA DE UMA SUPERAÇÃO

Josiel de Alencar Guedes

Resumo


O artigo faz uma discussão téorica sobre a crise da ciência, compreendida enquanto conhecimento sistematizado construído através da sistematização de conhecimento. Nesse sentido destaca-se a construção e evolução da cientificidade do conhecimento de forma agregada. Ao longo dos anos, novos conhecimentos propiciaram a criação e separação da ciência em compartimentos, levando a especialização e, consequentemente, a hiperespecialização. Assim, enquanto as Ciências Extas ganharam status, para as Ciências Sociais não se observou o mesmo patamar de importância. Hoje essa concepção não é mais aceita, através de novas construções epistemológicas construídas e reorientadas através da interdisciplinaridade entre as ciências.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v2i2.293

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores e Bases Bibliográficas









Conteúdo Registrado (DOI)




Revista Associada


Apoio





Acessos