O SERTÃO E A ESPACIALIDADE EDÊNICA

Gilvan Charles Cerqueira de Araújo

Resumo


O conceito de sertão é um dos mais vastos, móveis e complexos da historiografia cultural brasileira em geral, e da ciência geográfica em particular. Neste artigo há uma proposta de apresentação de algumas destas questões histórico-geográficas e epistemológicas envolvendo este conceito. O texto está estruturado em dois momentos, primeiro há uma breve retomada dos pontos históricos que envolvem a ideia de sertão, especialmente a economia política da exploração territorial americana, para depois enquadrá-lo no panorama geográfico de estudos sobre a ideia de sertão como o indefinível e desconhecido geográfico, encontrando grande recepção cultural e teórica na formação territorial brasileira e na constituição das bases simbólicas de nossa sociedade.

Palavras-chave: Sertão. Espacialidade. Edenismo. Pensamento Geográfico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v8i2.3091

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Indexadores e Bases Bibliográficas




https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=494578



Redes Sociais
 Academia.edu Facebook Instagram

Conteúdo Registrado (DOI)


Revista Associada


Apoio