A CIDADE COMO UM IMÃ – ANÁLISE ESPACIAL NO CENTRO DE PAU DOS FERROS/RN

Alana Ticiane Alves do Rêgo, Rafael Silva de Souza, Jionaldo Pereira de Oliveira

Resumo


A cidade é como um campo magnético que atrai reuni e concentra os homens. Cidades “imãs”, eram chamadas dessa forma porque nelas possuíam atrativos que conduziam a população do campo para o espaço urbano. Em Pau dos Ferros, município do Rio Grande do Norte não é diferente, considerado como uma região centralizada ela vem agregando ao longo do tempo um conjunto objetos espaciais que o transforma em uma região hierarquizada. Partindo disso, esse trabalho tem como objetivo analisar quais são os elementos urbanos que agem como um imã que atrai e reuni a coletividade, tomando como base a teoria de Rolnik. A metodologia iniciou-se com levantamento de literatura que trata sobre o assunto em questão, busca informações em bancos de dados oficiais como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trabalho de campo analisando e registrando os principais objetos urbanos e por fim, sistematização os dados em conjunto com base teórica para produção de resultados. Sendo assim, pode se concluir que os principais objetos urbanos que possui a capacidade de atração foram a Igreja Matriz, Mercado Público, Feira Livre e o Shopping pois, concentra elementos culturais, religiosos e econômicos em um único sítio. Vale ressaltar que esse estudo se torna relevante à medida que é possível perceber a escassez de trabalhos que proporcionem uma análise espacial no município em questão, de todo modo, assim, contribuindo para a esfera científica e social.

Palavras-chave


Campo magnético; Atrativos; Pau dos Ferros.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Ilanna Catharina Ferreira. Feira como atrativo turístico: o caso da FINECAP em Pau dos Ferros, RN. 2014. 61f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo), Departamento de Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

ARAÚJO, Patrícia Cristina de Aragão e BARBOSA, Letícia Rameh. Feira, lugar de cultura e educação popular. In: Revista “Nova Atenas” de Educação Tecnológica. Volume 07, Número 02, 2004.

A questão cidade-campo: perspectivas a partir da cidade. In: SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão; WHITACKER, Arthur Magon (Org.). Cidade e campo: 398 relações e contradições entre urbano e rural. São Paulo: Expressão popular, 2006. p. 111-130.

ALVES, L. M. M.; SOUZA, M. L. M. de. A igreja matriz como elemento identitário e cultural do município de Pau dos Ferros/RN. SINAFRO, v. 1, 2018.

BRAGA, Roberto; CARVALHO, Pompeu Figueiredo de. Cidade: espaço da cidadania. Pedagogia cidadã: cadernos de formação: ensino de Geografia. São Paulo: UNESP-PROPP, p. 105-120, 2004.

BARRETO, Rogério. O centro e a centralidade urbana–aproximações teóricas a um espaço em mutação. Cadernos curso de doutoramento em geografia. FLUP, 2010

BEZERRA, J. A. A cidade e região de Fau dos Ferros: por uma geografia da distância em uma rede urbana interiorizada. 2016. 430f. Tese (Doutorado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal de Uberlândia, Ceará, 2016.

BARRETO J. J. Pau dos Ferros: história, tradição e realidade. s.n. Pau dos Ferros,1987

CARNEIRO, R. N. Circuito inferior e fluxos socioespaciais: a feira livre de Pau dos Ferros-RN. 1. ed. Mossoró: EDUERN, 2018. v. 1. 146 p.

CASCUDO, L. C. História do Rio Grande do Norte. 2ed. NatalRio de Janeiro: FJA/Achiamé, 1983.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. A cidade e a organização do espaço. Revista do Departamento de Geografia, v. 1, p. 105-111, 1982.

CHAVES, C.; SANTOS, H. C. A permanência do comércio tradicional: o mercado público da Pedreira. In: V Colóquio Internacional sobre o comércio e a cidade: uma relação de origem (CINCCI), 2015, São Paulo. Anais do V Colóquio Internacional sobre o comércio e a cidade: uma relação de origem (CINCCI). São Paulo: Edusp, 2015. v. 1. p. 1-16.

COSTA, F. R. Inundações urbanas no semiarido nordestino: o caso da cidade de Pau dos Ferros - RN. 2010. 87 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

CORRÊA, R. L. O espaço urbano. São Paulo: Ática, 2001.

DANTAS, J. R. de Q. A (RE) ORGANIZAÇÃO SÓCIO-ESPACIAL NO RN E SUAS IMPLICAÇÕES PARA PAU DOS FERROS. 2011. Disponível em: < http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2011/CdVjornada/JORNADA_EIXO_2011/QUES%20TAO_URBANA_E_GESTAO_DAS_CIDADES/A_(RE)_ORGANIZACAO_SOCIOESPACIA%20L_NO_RN_E_SUAS_IMPLICACOES_PARA_PAU_DOS_FERROS.pdf >. Acesso em: 09 Abril. 2020.

DANTAS, J. R. de Q.; CLEMENTINO, M. L. M.; FRANCA, R. S. A cidade média interiorizada: Pau dos Ferros no desenvolvimento regional. Revista Tecnologia e Sociedade, v. 11, p. 129-148, 2015.

FARIAS, F. T. de. Comércio e cidade: processos e formas espaciais em Pau dos Ferros/RN. 2015. 100f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.

GONÇALVES JÚNIOR, C. A.; SHIKIDA, P. F. A.; LOPES, R. L. A importância de um banco de desenvolvimento na geração de emprego e renda no estado do Paraná: o caso brde. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, v. 34, n. 125, p.141-161, jul./dez. 2013.

HOWARD, E. Cidades-Jardins de amanhã. Tradução: Marco Aurélio Lago nego, Introdução: Dácio Araújo Benedito Otoni. São Paulo, Estudos Urbanos, Série Arte e Vida Urbana, Hucitec, 1996, p. 116.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA – IBGE. Pau dos Ferros: Panorama. 2010. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/pau-dos-ferros/panorama >. Acesso em: 20 setembro 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA – IBGE. Regiões de Influência das Cidades 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008.

JOHN, N.; REIS, A. Percepção, Estética e Uso do Mobiliário Urbano. Gestão & Tecnologia de Projetos, v. 5, n. 2, 2010.

JORNAL POTIGUAR. 2019. Inaugurado o Plaza Shopping Center em Pau dos Ferros/RN. Disponível em: < http://www.jornalpotiguar.com/2019/01/inaugurado-o-plaza-shopping-center-em.html >. Acesso em: 06 junho 2019.

LIMA, L. G. D.; SILVA, P.T.; GURGEL, T. C. N. P. O Processo de expansão da Malha Urbana de Pau dos Ferros/RN. REVISTA GEOTEMAS, v. 3, p. 45-56, 2013.

LOUREIRO, A. C. N. S. Rio de Janeiro: uma análise da perda recente de centralidade. 2006. 107 f. Dissertação (Mestrado em Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional) - Faculdade de Ciências Econômicas – UFMG, 2006.

MATOS, F. L. O Comércio da Vila Rubim no contexto das transformações do centro de Vitória-ES. 2001. 98p. (Monografia de Conclusão de Curso em Bacharel em Geografia). Universidade Federal do Espirito Santo. Centro de Ciências Humanas e Naturais. Departamento de Geografia, 2011.

PRAXEDES, L. L.; BEZERRA, J. A. Registros recentes sobre a expansão urbana e a especulação imobiliária da/na cidade de Pau dos Ferros-RN. Caminhos de Geografia (UFU), v. 13, p. 188-203, 2012.

PESSOA, C. V. G.; GOMES, H. P. R. Pau dos Ferros: Uma cidade pequena com características de cidade média. In: Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido, 2016, Campina Grande - PB. Anais I CONIDIS. Campina Grande - PB: Editora Realize, 2016. v. 1.

PINTAUDI, Silvana Maria. Os mercados públicos: metamorfoses de um espaço na história urbana. Revista Cidades, v. 3, n. 5, 2006.

PREFEITURA DE PAU DOS FERROS. 2018. Prefeitura inaugura novo Mercado Público Municipal. Disponível em: < https://paudosferros.rn.gov.br/informa.php?id=266 >. Acesso em: 06 junho 2019.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAU DOS FERROS. Pau dos Ferros: vocação para o crescimento. 2017. Plano de Marketing/ Briefing. Disponível em: < https://paudosferros.rn.gov.br/arquivos/licitacao/61/159/Briefing.pdf >. Acesso em 06 junho 2019.

PRODANOV, C. C; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª ed. Universidade Feevale – Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, 2013.

ROLNIK, Raquel. O que é a cidade. São Paulo: Brasiliense, 1995. (Coleção Primeiros Passos; 203).

SAMPAIO, A. L. P.; FERREIRA, A. L. Entre o céu e a terra: aspectos da religiosidade na constituição territorial de Pau dos Ferros/Brasil. In: V Seminário Internacional Urbicentros, 2016, João Pessoa/PB. Anais eletrônicos. João Pessoa/PB: UFPB, 2016. v. 1. p. 1-14.

SANTANA, T. C. S.; DINIZ, D. V. M. Configuração espacial e uso dos espaços livres públicos em Pau dos Ferros/RN/Brasil. In: Congresso Internacional 14ª Jornada Urbenere e 2ª Jornada Cires, 2018, Vila Velha. Anais do Congresso Internacional 14ª Jornada Urbenere e 2ª Jornada Cires, 2018. v. 1.

SANTOS, A. C.; ALVES, L. S. F. Produção do Espaço Urbano da Cidade de Pau dos Ferros-RN: análise da tendência de valorização fundiária do bairro São Geraldo. Boletim de Geografia (UEM), v. 33, p. 73-88, 2015.

SERVILHA, Mateus de Moraes; DOULA, Sheila Maria. O mercado como um lugar social: as contribuições de Braudel e Geertz para o estudo socioespacial de mercados municipais e feiras. Revista Faz Ciência, v. 11, n. 13, p. 123-142, 2009.

SILVA NETO, A. F. da; BARBOSA, A. C. L.; NUNES, A. A. N.; NUNES, L. P. A produção moderna da praça pública nas cidades pequenas: reflexões sobre Pau dos Ferros - RN. JOIN, Encontro Internacional de Jovens Investigadores, 2016, 12 p.

SILVA, M. M. N.; LIMA, D. F.; CARVALHO, C. C. A.; SOUSA JUNIOR, A. M. As desigualdades socioespaciais na formação do espaço urbano: um estudo de caso em Pau dos Ferros/RN. In: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIVERSIDADE DO SEMIÁRIDO (II CONIDIS), Campina Grande/PB. Anais II CONIDIS, 2017. v. 1. p. 1-12.

SILVA, F. E. Pau dos Ferros, enfim, uma cidade. São Paulo: Landscape, 2008.

SILVA, F. SILVA, J. G de. Pau dos Ferros: enfim uma cidade. Natal; Servgráfica, 1998.




DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v10i2.4279

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Indexadores e Bases Bibliográficas




https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=494578



Redes Sociais
 Academia.edu Facebook Instagram

Conteúdo Registrado (DOI)


Revista Associada


Apoio