Imagem para capa

ESTUDO MORFODINÂMICO DO AMBIENTE LACUSTRE NO ARQUIPÉLAGO DE ANAVILHANAS, RIO NEGRO, BACIA AMAZÔNICA

Rogério Ribeiro Marinho

Resumo


O rio Negro antes da confluência com o rio Amazonas apresenta um complexo sistema de ilhas, canais e lagos interconectados à planície de inundação, conhecido como Arquipélago de Anavilhanas. Este estudo teve como objetivo analisar a morfodinâmica dos lagos situados no interior das ilhas de Anavilhanas. Imagens dos satélites Sentinel-1 e Landsat-5 foram utilizadas para mapear as unidades fluviais de Anavilhanas e estimar o comprimento, área, perímetro, largura e forma dos lagos. Dados de batimetria, de granulometria e concentração de sedimentos suspensos coletados no maior lago de Anavilhanas são apresentados. Através da classificação de imagens do Sentinel-1 foi detectada uma superfície de água que variou de 340 a 390 km2 no ano hidrológico de 2017. O Complexo fluvial de Anavilhanas possui uma superfície de 2000 km2 dos quais 20% desta área é ocupada por mais de 300 lagos de forma alongada e estreita, com tamanho variando de 0,01 a 59 km2, onde 63% são menores que 0,53 km2. A dinâmica hidrológica anual do rio Negro ocasiona pouca mudança na superfície de água no ambiente lacustre de Anavilhanas, com variação de 15% na área ocupada pelos lagos entre o período de cheia e de seca. O maior lago de Anavilhanas (lago Apacú) apresenta média anual da concentração de sedimentos suspensos de 4,15 mg L-1, composto de partículas finas (D50 0,02 mm). Este trabalho apresenta para a comunidade científica um detalhado levantamento morfométrico dos lagos de Anavilhanas e uma análise de suas características locais com relação ao estilo geomorfológico do baixo rio Negro.

Palavras-chave


Planície de inundação; Geomorfologia fluvial; Sedimento suspenso; Sensoriamento remoto.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRIL, G.; MARTINEZ, J.-M.; ARTIGAS, L. F.; MOREIRA-TURCQ, P.; et al. Amazon River carbon dioxide outgassing fuelled by wetlands. Nature, v. 505, p. 395-398, 2014. Disponível em: . Acesso em: 22 mai. 2019.

AFFONSO, A. G. Relação entre parâmetros ambientais e a densidade de pirarucu nos lagos de várzea de Mamirauá: uma análise multi-sensor. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em Sensoriamento Remoto. São José dos Campos: INPE. 2012.

ALMEIDA-FILHO, R.; SHIMABUKURO, Y. E.; BEISL, C. H. Assessment of landscape changes in the Anavilhanas Archipelago during the flood peak and drought events in the rio Negro, central Amazônia, Brazil. Revista Brasileira de Cartografia, v. 68, p. 957-964, 2016.

ALVES, N. de S. Mapeamento hidromorfodinâmico do Complexo Fluvial de Anavilhanas: contribuição aos estudos de Geomorfologia Fluvial de rios Amazônicos. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em Geografia Física. São Paulo: USP. 2013.

ASSAHIRA, C.; PIEDADE, M. T. F.; TRUMBORE, S. E.; WITTMANN, F.; et al. Tree mortality of a flood-adapted species in response of hydrographic changes caused by an Amazonian river dam. Forest Ecology and Management, v. 396, p. 113 - 123, 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019.

BARBOSA, R. O. Estudos sedimentológicos e estratigráficos dos depósitos sedimentares quartenários do arquipélago de Anavilhanas, município de Novo Airão (Amazônia Central). Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-graduação em Geociências. Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.

BRASIL. ICMBio. Plano de Manejo do Parque Nacional de Anavilhanas - versão resumida. Novo Airão, 2017.

CANDIDO, L. A.; SOUZA, J. M. Prováveis alterações na temperatura e precipitação na bacia do rio Negro nos cenários de mudanças climáticas. In: FERREIRA, S. J. F.; SILVA, M. L. DA; PASCOALOTO, D. (Eds.) Amazônia das Águas: Qualidade, Ecologia e Educação Ambiental. Manaus: Valer/FAPEAM/INPA, 2016.

CHAO, N. Fisheries, diversity and conservation of ornamental fish of the Rio Negro River, Brazil - a review of Project Piaba (1989-99). S.L: S.E, 2001.

CORDEIRO, R. C.; MOREIRA-TURCQ, P. F.; TURCQ, B. J.; et al. Acumulação de carbono em lagos amazônicos como indicador de eventos paleoclimáticos e antrópicos. Oecologia Australis, v. 12, p. 130 - 154, 2008. Disponível em: < https://revistas.ufrj.br/index.php/oa/article/view/5714>. Acesso em: 22 nov. 2019.

EPE - Empresa de Pesquisa Energética. Usina Hidrelétrica (UHE) Bem Querer. 2018. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2018.

ESA - European Space Agency. Copernicus Open Access Hub. 2018. Disponível em: < https://scihub.copernicus.eu/dhus/#/home> Acesso em: 11 ago. 2018

FILIZOLA, N.; GUYOT, J. L. Suspended sediment yields in the Amazon basin: an assessment using the Brazilian national data set. Hydrological Processes, v. 23, p 3207 - 3215. 2009. Disponível em: . Acesso em: 22 mai. 2019.

FRANÇA, A. M. S.; FLORENZANO, T. G.; NOVO, E. M. L. M. Satellite Images Applied to Assess the Influence of Amazon River Seasonal Dynamic on the Floodplain Lake Morphology. Open Journal of Ecology, v. 4, p. 820 - 831. 2014. Disponível em: . Acesso em: 01 ago. 2019.

FRANZINELLI, E.; IGREJA, H. Modern sedimentation in the Lower Negro River, Amazonas State, Brazil. Geomorphology, v. 44, p. 259 - 271. 2002. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

HINDERER, M. From gullies to mountain belts: A review of sediment budgets at various scales. Sedimentary Geology, v. 280, p. 21 - 59. 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 nov. 2019.

HYBAM. Observatório Ambiental SO HYBAM. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . Geociências. Disponível em: < https://www.ibge.gov.br/geociencias/downloads-geociencias.html> Acesso em: 11 ago. 2005.

JUNK, W. J.; WITTMANN, F.; SCHÖNGART, J.; PIEDADE, M. T. F. A classification of the major habitats of Amazonian black-water river floodplains and a comparison with their white-water counterparts. Wetlands Ecology and Management, v. 23, p. 677 - 693. 2015. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2019.

JUNK, W.; BAYLEY, P.; SPARKS, R. The Flood Pulse Concept in River-Floodplain Systems. Can. Spec. Public Fish. Aquat. Sci. v. 106, p. 110 - 127. 1989.

LATRUBESSE, E. M.; FRANZINELLI, E. The late Quaternary evolution of the Negro River, Amazon, Brazil: Implications for island and floodplain formation in large anabranching tropical systems. Geomorphology, v. 70, p. 372 - 397. 2005. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

LATRUBESSE, E. M. Amazon lakes. In: HELLSTRÖM, T.; FAIRBRIDGE, R.W.; BENGTSSON, L.; WOHLFARTH, B.; HERSCHY, R.W.; HARGEBY, A.; et al. (Eds.), Lakes and Reservoirs. Berlin: Springer Verlag, 2012. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

LATRUBESSE, E. M.; STEVAUX, J. C. The Anavilhanas and Mariuá Archipelagos: Fluvial Wonders from the Negro River, Amazon Basin. In: VIEIRA, B. C.; SALGADO, A. A. R.; SANTOS, L. J. C. (Eds.) Landscapes and Landforms of Brazil. Dordrecht: Springer, 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

LATRUBESSE, E. M.; ARIMA, E. Y.; DUNNE, T.; PARK, E.; BAKER, V. R.; D’HORTA, F. M.; et al. Damming the rivers of the Amazon basin. Nature, v. 546, p. 363 - 369. 2017. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

MARENGO, J. A.; ESPINOZA, J. C. Extreme seasonal droughts and floods in Amazonia: causes, trends and impacts. International Journal of Climatology, v. 36, p. 1033 - 1050. 2016. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2019.

MARINHO, R. R.; PARADELLA, W. R.; RENNÓ, C. D.; OLIVEIRA, C. G. de. Aplicação de imagens SAR orbitais em desastres naturais: mapeamento das inundações de 2008 no Vale do Itajaí, SC. Revista Brasileira de Cartografia, v. 64, p. 317 - 330. 2012.

MARINHO, R. R. Integração de dados de campo e sensoriamento remoto no estudo do fluxo de água e matéria no Arquipélago de Anavilhanas, Rio Negro – Amazonas, Brasil. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em Clima e Ambiente. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus. 2019.

MARINHO, R. R.; MOREIRA, W. P.; FILIZOLA, N. P.; OLIVEIRA, T. C. S. de. O projeto HIDROGEOS-NEGRO no arquipélago de Anavilhanas, Novo Airão (AM). Revista Geonorte, v. 10, p. 153 - 167. 2019. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2019.

MEADE, R. H.; RAYOL, J. M.; DA CONCEICÃO, S. C.; NATIVIDADE, J.R.G. Backwater effects in the Amazon River basin of Brazil. Environmental Geology and Water Sciences, v. 18, p. 105 - 114. 1991. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

MELACK, J. M.; HESS, L. L. Remote Sensing of the Distribution and Extent of Wetlands in the Amazon Basin. In: JUNK, W. J. PIEDADE, M. WITTMANN, F. SCHÖNGART J., PAROLIN P. (Eds.) Amazonian Floodplain Forests. Dordrecht: Springer. 2010. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

MESSAGER, M. L.; LEHNER, B.; GRILL, G.; NEDEVA, I.; SCHMITT, O. Estimating the volume and age of water stored in global lakes using a geo-statistical approach. Nature Communications, v. 7, p. 13603. 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2019.

MMA - Ministério do Meio Ambiente. Download de dados geográficos. Disponível em: < http://mapas.mma.gov.br/i3geo/datadownload.htm> Acesso em: 21 abr. 2010.

MONTERO, J. C.; LATRUBESSE, E. M. The igapó of the Negro River in central Amazonia: Linking late-successional inundation forest with fluvial geomorphology. Journal of South American Earth Sciences, v. 46, p. 137 - 149. 2013. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

MORAIS, R. P. DE; OLIVEIRA, L. G.; LATRUBESSE, E. M.; PINHEIRO, R.C.D. Morfometria de sistemas lacustres da planície aluvial do médio rio Araguaia. Acta Scientiarum. Biological Sciences, v. 27, p. 203 - 213. 2005.

MOREIRA, M. A. Fundamentos do Sensoriamento Remoto. Viçosa: Editora UFV, 2011.

MOREIRA-TURCQ, P.; SEYLER, P.; GUYOT, J.L.; ETCHEBER, H.. Exportation of organic carbon from the Amazon River and its main tributaries. Hydrological Processes, v. 17, p. 1329 - 1344. 2003. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019.

MÜLLER SCHMIED, H. et al. Sensitivity of simulated global-scale freshwater fluxes and storages to input data, hydrological model structure, human water use and calibration. Hydrology and Earth System Sciences, v. 18, n. 9, p. 3511 - 3538, 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2020.

NANSON, G. C. Anabranching and Anastomosing Rivers. In: SHRODER, J.F. (Ed.), Treatise on Geomorphology. San Diego: Academic Press, p.330 - 345. 2013. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

NOVERAS, J.; YAMAMOTO, K. C.; FREITAS, C. E. C. Use of the flooded forest by fish assemblages in lakes of the National Park of Anavilhanas (Amazonas, Brazil). Acta Amazonica, v. 42, p. 561 - 566. 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 nov. 2019.

PAIRA, A.; DRAGO, E. C. Genetical, morphological and evolutional relationships of the floodplain lakes in the Middle Paraná River hydrosystem. Zeitschrift fur Geomorphologie, Supplementband, v. 145, p. 207 - 228. 2006.

PARADELLA, W.; SANTOS, A. R.; VENEZIANI, P.; CUNHA, E. S. Radares Imageadores nas Geociências: Estado da Arte e Perspectivas. Revista Brasileira de Cartografia, v. 57, p. 56 - 62. 2005

PARK, E.; LATRUBESSE, E. Radares Modeling suspended sediment distribution patterns of the Amazon River using MODIS data. Remote Sensing of Environment, v. 147, p. 232 - 242. 2014. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019.

SAINT-PAUL, U.; ZUANON, J.; CORREA, M.A.V.; GARCÍA, M.; FABRÉ, N.N.; BERGER, U.; et al. Fish Communities in Central Amazonian White and Blackwater Floodplains. Environmental Biology of Fishes, v. 57, p. 235 - 250. 2000. Disponível em: . Acesso em: 23 mai. 2019.

SCABIN, A.B.; COSTA, F.R.C.; SCHÖNGART, J. The spatial distribution of illegal logging in the Anavilhanas archipelago (Central Amazonia) and logging impacts on species. Environmental Conservation, v. 39, p. 111 - 121. 2012. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019.

SILVA, V. C. ANICETO, K. P. MARINHO, R. R. FILIZOLA, N. P. Caracterização hidrológica dos sistemas lacustres do Arquipélago de Anavilhanas com base em sensoriamento remoto. Revista Geociências UNESP, v. 39, n. 2, p. 411–424, 2020. Disponível em: . Acesso em: 01 ago. 2020.

SIPPEL, S. J.; HAMILTON, S.; MELACK, J. M. Inundation area and morphometry of lakes on the Amazon River floodplain, Brazil. Arch. Hydrobiol. v. 123, p. 385 - 400. 1992.

STEVAUX, J. C.; LATRUBESSE, E. M. Geomorfologia fluvial. São Paulo: Oficina de Textos, 2017.

USGS - U.S. Geological Survey. Global Visualization Viewer (GloVis). Disponível em: < https://glovis.usgs.gov/> Acesso em: 30 nov. 2017.




DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v10i3.4389

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Indexadores e Bases Bibliográficas




https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=494578



Redes Sociais
 Academia.edu Facebook Instagram

Conteúdo Registrado (DOI)


Revista Associada


Apoio