A CAPILARIDADE DA INTERNET NO RIO GRANDE DO NORTE

Ludmila Girardi

Resumo


Este artigo é parte de uma pesquisa sobre a capilaridade das redes de comunicação por internet no Brasil, que busca reconhecer sua distribuição pela espacialização da densidade e da diversidade de acesso à internet. Com base em métodos cartográficos foram elaborados dois cartogramas do território potiguar, um da densidade de acessos à internet e outro da diversidade de tecnologias. O primeiro mapa foi realizado com dados quantitativos dos domicílios com internet, relativizados ao total de domicílios nos municípios potiguares (IBGE, 2010). O segundo mapa, da diversidade de acesso, foi feito com dados quantitativos dos acessos à internet por tipos de tecnologias (ANATEL, 2011). A análise dos dados e dos mapas identificou que há uma distribuição desigual de acessos à internet no Rio Grande do Norte, concentrada em determinadas regiões do território potiguar. A densidade dos acessos se concentra na Região Metropolitana de Natal e, em menor escala, em outras regiões do Estado, sobretudo nas regiões de Mossoró e de Currais Novos-Caicó. A diversidade de tecnologias segue o mesmo padrão espacial, mas é ainda mais concentrada, já que apenas Natal e Mossoró possuem todas as tecnologias de acesso. As regiões com menos capilaridade são as de Pau dos Ferros, Central e Litoral Norte. A capilaridade da internet no território potiguar é muito limitada, marcada pela concentração da densidade e a restrição de diversidade tecnológica distribuída no território. O artigo abre possibilidades para análises específicas da organização do território sob o viés dessas redes, essenciais para caracterizar o meio geográfico atual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33237/geotemas.v3i1.486

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores e Bases Bibliográficas









Conteúdo Registrado (DOI)




Revista Associada


Apoio





Acessos