EFEITO DA ADIÇÃO DE NANOCATALISADORES NA TERMOXIDAÇÃO DE PEAD RECICLADO

Gilberto Gomes Freire Júnior

Resumo


A produção de plásticos tem dois grandes problemas ambientais: o uso de fonte não-renovável (principalmente petróleo) como matéria-prima e o grande volume de rejeitos plásticos gerados para descarte, os quais demoram muito para degradar na natureza. Atualmente, pesquisas visam à necessidade de minimizar estes problemas, convertendo estes rejeitos plásticos, via degradações oxobiodegradáveis ou degradação catalítica em produtos de elevado valor agregado. O polietileno de alta densidade (PEAD) está entre os plásticos mais utilizado e resistente a degradação na vida diária. Desta forma o objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de catalisadores comerciais, mesoporosos do tipo MCM-41 e Co-MCM-41 na degradação do PEAD. As amostras polímero/catalisadores foram preparadas via fusão do PEAD com 2,0 % de catalisador, as quais foram em seguida submetidas ao tratamento térmico na estufa na temperatura controlada de 50°C. Na degradação catalítica vários hidrocarbonetos são formados, podendo apresentar composições de gás combustível (C1 - C2), GLP (C3 - C4), gasolina (C5 - C12), diesel (C12 – C22) e hidrocarbonetos pesados. Os resultados mostram à formação de compostos com diferentes massas moleculares, à medida que ocorrem cisão e formação de novas cadeias poliméricas.

Texto completo:

PDF