SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE CITRATO DE NÍQUEL PELO MÉTODO POLIMERIZANTE

Milena Tarciana Faccio

Resumo


Os materiais sólidos são indubitavelmente, a substância de trabalho da nossa sociedade, cujas propriedades as tornam utilizáveis em estruturas, máquinas, dispositivos, ou produtos consumíveis. Sua produção e processamento visando à obtenção de produtos absorvem alta eficácia na indústria química. Nos chamados sólidos não-cristalinos ou amorfos, há ausência de um padrão de cristalização característica. Entre eles destacam-se os plásticos, os vidros, os sabões, as parafinas e muitos outros compostos orgânicos e inorgânicos. A propriedade mais destacada dos sólidos amorfos é a falta de um ponto fixo de fusão, de modo que sua passagem para o estado líquido se verifica ao longo de um intervalo de temperaturas durante o qual adotam o chamado estado plástico. Algumas das aplicações dos vidros e dos materiais plásticos derivam de sua qualidade de serem facilmente moldáveis quando submetidos a aumentos de temperatura. Com base nisso, o presente trabalho visa a sintetização e caracterização do Citrato de Níquel, para utilização industrial em cerâmicas.

Texto completo:

PDF