ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA DA ÁGUA DE TRÊS POÇOS SUBTERRÂNEOS DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN

Rafael Barbalho de Lima

Resumo


A água é um recurso fundamental para a existência da vida. Porém o crescimento populacional aliado ao uso intensivo e a gestão inadequada têm causado prejuízos à qualidade das águas, gerando problemas econômico e socioambiental.  Um  dos problemas  é a poluição das águas subterrâneas  que  se concentra mais em áreas  urbanas, onde se encontram grandes volumes de fontes de poluição, como esgotos não tratados e lixões por exemplo. O município de Mossoró-RN localizado no semiárido nordestino,  localizado no oeste do estado do Rio Grande do Norte, segundo o censo do IBGE, 2010 tem uma população de 259.886 habitantes  com  70 % de sua população abastecida por águas de poços subterrâneos.  O consumo de água contaminada por agentes biológicos ou físico-químicos tem sido associado a diversos problemas de saúde.  Portanto, objetivou-se neste trabalho analisar as amostras de água subterrâneas coletadas em três diferentes pontos da cidade de Mossoró-RN, bem como comparar os valores obtidos em cada ponto entre si e com a legislação em vigor, avaliando a sua qualidade e as influências antrópicas do local nestas características.    Os resultados mostraram que as águas analisadas se enquadram na classe 3.

Texto completo:

PDF