UMA ANÁLISE SOBRE A QUALIDADE DE VIDA DOS POLICIAIS MILITARES DA ROCAM

BRUNO DAVID DUTRA DE MORAIS, NAIARA MAELY ARAÚJO CARDOSO, PRISCILLA TATIANNE DUTRA

Resumo


A maior compreensão em relação a qualidade de vida se dá pelo auto padrão de bem estar das pessoas seja de modo emocional, social ou físico. Para tanto o objetivo do referente trabalho foi comparar a qualidade de vida dos policiais militares do 12º Batalhão de Mossoró que fazem parte da ROCAM (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas), nos anos de 2011 e 2012 e assim verificar se os dados obtiveram diferença significativa entre o período de um ano. Trata-se de um estudo comparativo longitudinal que segundo Gil (2007), possibilita comparar e ressaltar diferenças e similaridades. Foram avaliados 30 sujeitos no ano de 2011 e 33 no ano de 2012, sendo todos do sexo masculino. Para verificar a qualidade de vida foi utilizado como variável do estudo o questionário WHOQOL-Bref. A estatística foi feita através do programa SPSS 19 em que foram utilizadas as medidas de tendência central e de dispersão assim como o teste de normalidade e comparação, todos considerando um nível de significância de p≤0,05. Os resultados mostraram que não houve diferença significativa na qualidade de vida quanto aos domínios e a qualidade de vida global durante o período de um ano da policia militar ROCAM. O que não descarta a importância da ação de políticas publica em investimento de programas para melhoria da qualidade de vida dos policiais.

Texto completo:

PDF