Trilhas Filosóficas, Vol. 9, No 1 (2016)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O personalismo de Karol Wojtyła

Francisco Agamenilton Damascena

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar o personalismo de Karol Wojtyła, usando o método analítico e a pesquisa bibliográfica. Wojtyła, mediante uma síntese criativa entre a filosofia do ser e a filosofia da consciência, oferece uma resposta à pergunta “quem é a pessoa humana”. Para isso, ele rompe o esquema clássico da “pessoa à ação” e faz o itinerário intelectual ao contrário: da ação à pessoa. Ele passa por temas como suppositum, consciência, ser e ação, liberdade, verdade. O resultado é a superação da rigidez e da exterioridade do esquema escolástico na compreensão do dinamismo humano e uma noção de pessoa humana na qual objetividade e subjetividade são consideradas como dimensões constitutivas do ser pessoa. Esta nova compreensão é importante para resgatar e promover o valor da pessoa humana frente à sua reificação.

Texto Completo: PDF