Revista Turismo: estudos e práticas, Vol. 3 (2014)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO DISCURSO UNIVERSITÁRIO EM PARNAÍBA-PI: DESVENDANDO MITOS

Ricardo Rayan Nascimento Rocha, Pedro Lazaro dos Santos

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar uma análise sobre como o discurso do desenvolvimento sustentável se configura na fala dos estudantes e graduados de um curso de Bacharelado em Turismo, evidenciando a produção discursiva e sua atividade enquanto prática social de construção da sociedade e a importância de desconstrução de alguns mitos que giram em torno desse modelo econômico ambiental proposto pelo Relatório Brundtland. Para que a análise do discurso fosse realizada, oito estudantes do curso de turismo e dois graduados do mesmo curso foram escolhidos para a composição de uma discussão em grupo focal. Dessa forma, para as análises serem feitas, utilizou-se da abordagem teórico-metodológica faircloughiana e sua teoria social do discurso, que percebe a língua como parte associada à vida social dialeticamente interconectada a outros elementos sociais. Os dados foram analisados a partir da categoria analítica Interdiscursividade. A partir disso, percebeu-se que os discursos dos participantes expressam concepções ideológicas sobre desenvolvimento sustentável por meio de negociações de fala, ao ponto de um discurso fortalecer o(s) outro(s) e, ao acontecerem articulações como estas, os participantes priorizam um fator que consideram como o cerne das questões ambientais: o modo de produção capitalista. Por meio deste contexto, é relevante o fortalecimento de um debate sério, histórico e crítico, como métodos de análise, ao ponto de compreender os conflitos que instabilizam o meio ambiente.

Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

Indexada na Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas e-Revistas. / Indexada em LATINDEX - Sistema regional de información en línea para revistas científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.