TRADIÇÃO E (IN)SUSTENTABILIDADE: UMA ANÁLISE DO CARNAVAL DE SÃO LUIZ DO PARAITINGA E SEU PÚBLICO

Gabriela Ferreira Camargo, Alexandre Panosso Netto

Resumo


O artigo busca analisar o perfil da demanda do carnaval de São Luiz do Paraitinga, que vem apresentando um interesse turístico crescente. O estudo tratou dos aspectos socioeconômicos, demográficos e motivacionais da demanda. Foram elencados também os principais desafios enfrentados em sua gestão. Estes dados foram levantados a partir da contextualização e evolução histórica da dinâmica do carnaval na localidade de 1912 até os dias atuais. Para fundamentação teórica, foram utilizados estudos relacionados à originalidade, tradição, sustentabilidade e atratividade turística cultural, além de aspectos pontuais sobre marketing de destinações turísticas. Para analisar o perfil da demanda foi feito um levantamento de campo de caráter qualitativo e quantitativo com os frequentadores do carnaval em São Luiz do Paraitinga durante a edição do evento de 2015. Foi feito, também, o levantamento das críticas e sugestões dos foliões nas redes sociais. Dentre os principais resultados da pesquisa está a análise dos padrões de sustentabilidade da cidade como um todo, que mostra que ainda existem muitos desafios para que São Luiz do Paraitinga se torne uma localidade sustentável, assim como seu carnaval. Além disso, dentre os principais resultados coletados junto ao público, destacam-se a valorização da tradição cultural para o carnaval de São Luiz do Paraitinga, o sentimento de identidade e pertencimento da população em relação às expressões culturais da festa e identificação crescente de perda dos aspectos tradicionais da festa por pressões políticas, mercadológicas e socioculturais.

Texto completo:

PDF


Indexada na Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas e-Revistas. / Indexada em LATINDEX - Sistema regional de información en línea para revistas científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.